Padres Jubilares iniciam ano de gratidão durante a Semana Missionária 2024

Em 2025, a Igreja Católica em todo o mundo viverá o Ano Jubilar! Com o tema “Peregrinos da Esperança”, o Papa Francisco motiva os fiéis a se preparem para a experiência por meio da oração.

Já no Ano Santo, no mês de janeiro de 2025, três padres da Diocese de Marília comemorarão seus respectivos aniversários de 25 anos de ordenação sacerdotal. São eles os padres Ademilson Luiz Ferreira, Rui Rodrigues da Silva e Valdo Bartolomeu de Santana.

Para marcarem a ocasião especial, os três sacerdotes pretendem celebrar nas comunidades paroquiais onde já exerceram o ministério presbiteral e, juntos, reunirem os outros 9 padres da Província Eclesiástica de Botucatu que, com eles, residiram nos seminários em Marília para os estudos filosóficos e teológicos.

Juntos, os padres Valdo, Rui e Ademilson, ordenados, respectivamente, em 22, 28 e 29 de janeiro do ano 2000, iniciaram o Ano do Jubileu de Prata Sacerdotal em participação na Semana Missionária que acontece nestes dias em Bastos.

“Será um ano de celebrações de gratidão ao Senhor Deus, pelo chamado feito a nós, e por tantas comunidades e irmãos queridos que passaram pelo nosso caminho”, enfatizou o Pe. Valdo em entrevista.

Ontem, dia 26, os presbíteros, outrora ordenados pelo então terceiro bispo diocesano de Marília, Dom Osvaldo Giuntinj, hoje emérito, uniram-se à programação da sexta-feira com Dom Luiz Antonio Cipolini, bispo de Marília, com os seminaristas e missionários que, na Paróquia São Francisco Xavier, cumprem agenda missionária até amanhã, dia 28.

Fotos: Divulgação


Missa em Pompéia marca a apresentação do Pe. Rafael Lopes Ciuffa como vigário paroquial

Há um pouco mais de uma semana, Pompéia acolheu o Pe. Rafael Lopes Ciuffa como o seu mais novo morador.

Nomeado vigário paroquial no ano passado pelo bispo diocesano de Marília, Dom Luiz Antonio Cipolini, desde o dia 19 de janeiro, o sacerdote reside na cidade e auxilia nos trabalhos pastorais da Paróquia Nossa Senhora do Rosário, na Região Pastoral I da Diocese.

No último domingo, dia 21, o Pe. Rafael presidiu as missas do 3º Domingo do Tempo Comum e, na celebração da noite, na presença do pároco, Pe. Antônio Padula, do Diác. Osmar Musciati Gelain e dos fiéis, ocorreu a leitura da provisão de vigário paroquial emitida pela chancelaria diocesana.

Em entrevista, o Pe. Rafael agradeceu a fraternidade exercida para com ele pelo pároco, pelo diácono permanente e pelos agentes de pastoral, e destacou que, “com a graça de Deus, se inicia mais uma etapa no ministério sacerdotal”.

 

Fotos: Pascom Pompéia


Paróquia celebra São Sebastião com novena solidária

No último sábado, dia 20 de janeiro, o território paroquial centro-norte da cidade de Marília celebrou seu padroeiro: São Sebastião!

Com três missas ao longo do dia, os fiéis veneraram a imagem do santo que é considerado protetor da humanidade contra a fome, a peste e a guerra.

Segundo o pároco, Pe. Luiz Eduardo Cardoso de Sá, São Sebastião, martirizado no século IV, por seu exemplo, “ensina a nunca abandonar a fé, a amar Cristo e a ser solidário com todos, principalmente com os mais vulneráveis”, relatou.

“Foi o Santo que rejeitou as honrarias do Império Romano para ficar com a fé em Jesus Cristo e que não teve medo das ameaças, mas confiou em Deus”, explicou o sacerdote ao afirmar que o padroeiro de sua comunidade paroquial é modelo de confiança, fé, obediência e amor.

Sobre o engajamento dos agentes de pastoral na preparação dos festejos de São Sebastião, o Pe. Luiz Eduardo disse ter uma avaliação “muito positiva da festa e da organização, todos os envolvidos abraçaram com amor o trabalho proposto”.

NOVENA SOLIDÁRIA

Desde o último dia 11, com a presença de padres convidados e também do bispo diocesano, Dom Luiz Antonio Cipolini, a Paróquia São Sebastião proporcionou missas que destacaram dimensões da vida do padroeiro.

O novenário, que também lembrou os 48 anos de criação da comunidade paroquial, recebeu um caráter solidário. Os fiéis tiveram a oportunidade de doar, a cada noite, produtos de higiene que foram revertidos para o trabalho social da Sociedade de São Vicente de Paulo (Vicentinos), presente na Paróquia.

 

Fotos: Divulgação


Bispo, seminaristas e religiosos realizam Semana Missionária em Bastos

Nesta semana, entre os dias 21 e 28, os seminaristas da Diocese de Marília visitam lares e instituições na cidade de Bastos.

A iniciativa, que ocorre todos os meses de janeiro, é denominada Semana Missionária, e conta também com a presença do bispo diocesano, Dom Luiz Antonio Cipolini, religiosas, consagrados, padres e diáconos.

A frase “Estou disposto a ir a qualquer lugar do mundo”, de São Francisco Xavier, padroeiro da única paróquia da cidade, escolhida para acolher a experiência missionária de 2024, é o tema que motiva as atividades.

O objetivo da Semana Missionária é despertar nos futuros padres a consciência da missionaridade como eixo articulador de toda a ação evangelizadora.

“A missão no processo formativo precisa ser o eixo integrador de toda a formação dos seminaristas. Isso leva o candidato a fazer essa experiência missionária, que deve perpassar não somente no período de seminário, mas ser a essência de todo o ministério sacerdotal”, destacou o seminarista João Victor Ribeiro Silva, do 4º ano de Teologia, coordenador do Conselho Missionário dos Seminaristas (Comise) na Diocese de Marília.

Durante a semana, os missionários vão aos lares, comércios e instituições bastenses para benção e contato fraterno, e também promovem momentos de espiritualidade junto à comunidade paroquial. Nas imagens, registros da visita à Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) local, da Santa Missa e de um momento de oração, ambos na Igreja Matriz, realizados ontem, dia 24.

Fotos: Vinícius Cruz I Departamento de Comunicação


Diocese de Marília se prepara para a Campanha da Fraternidade 2024

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) começará no dia 14 de fevereiro a Campanha da Fraternidade (CF) 2024. Com início na Quarta-feira de Cinzas, e estendendo a reflexão durante o período quaresmal, a edição deste ano terá como tema “Fraternidade e amizade social” e como lema “Vós sois todos irmãos e irmãs” (Mt 23,8).

O ano de 2024 marca os 60 anos de mobilização da CF em todo o Brasil. No território diocesano de Marília, duas formações auxiliarão os agentes de pastoral para que em suas comunidades paroquiais, pastorais e movimentos tornem-se multiplicadores da reflexão proposta.

Para as regiões pastorais II e III, a formação acontecerá no próximo sábado, dia 27, às 14h30, na Casa Pastoral Diocesana Dom Osvaldo Ginuntini, em Adamantina. O momento formativo para as paróquias da Região Pastoral I será no domingo, dia 28, nas dependências da Paróquia Santo Antônio, em Marília, às 9h.

“Convidamos a todos os agentes de pastoral que trabalham com a CF para que participem a fim de nos ajudar a divulgar e aplicar a 60ª Campanha da Fraternidade de nossa Igreja”, motivou o Pe. Danilo Nobre dos Santos, coordenador da CF na Diocese de Marília.

 

 

 

Fotos: Divulgação


Dom Luiz redige Carta aos Catequistas por ocasião do Domingo da Palavra de Deus

Neste Domingo da Palavra de Deus, dia 21, o bispo diocesano de Marília, Dom Luiz Antonio Cipolini, enviou Carta aos Catequistas das 66 paróquias, pastorais e movimentos da Diocese. O texto ressalta a vocação do catequista de “fazer ecoar nos corações” a mensagem do Evangelho.

Na motivação, Dom Luiz agradece os catequistas pela disponibilidade no serviço eclesial e os encoraja na missão de evangelizar. O bispo de Marília recorda a importância do ministério instituído do catequista e, “para fomentar cada vez mais a consciência deste ofício e com o objetivo de reavivar a responsabilidade no conhecimento da Sagrada Escritura e do Magistério eclesial”, motiva os agentes te pastoral a se inscreverem no Curso de Teologia para Leigos e Consagrados (CTLC) com polos nas cidades de Adamantina, Dracena, Marília e Tupã.

A Carta ainda lembra dos encontros que os catequistas de Crisma terão com o bispo no mês de janeiro e deseja o bom desenvolvimento da Semana Catequética que, nos próximos dias, ocorrerá no território diocesano por paróquias ou por microrregiões.

Foto: Divulgação

Confira o texto na íntegra:


Diocese promove curso de formação teológica nas regiões pastorais

Há duas décadas, a Diocese de Marília oferece o Curso de Teologia para Leigos e Consagrados (CTLC) para a formação integral dos agentes de pastoral. Com quatro polos espalhados no território diocesano, a iniciativa que visa o aprimoramento da fé por meio do estudo, funciona nas três regiões pastorais com unidades em Marília (Região I), Adamantina e Tupã (Região II) e Dracena (Região III).

“Convido a todos para participarem do Curso de Teologia! Por meio do Magistério eclesial e das Sagradas Escrituras, em nossas aulas, podemos conhecer a Jesus Cristo, amá-Lo e segui-Lo cada dia mais”, ressaltou o bispo diocesano, Dom Luiz Antonio Cipolini, ao incentivar os agentes de pastoral e consagrados para se tornarem alunos do CTLC.

Com inscrições abertas via site da Diocese de Marília (www.diocesedemarilia.com.br) até o dia 31 de janeiro, o CTLC tem duração de três anos com uma ou duas aulas semanais, dependendo da Região Pastoral. O missionário orionita, Pe. Osvaldir Ribeiro Mendes, que coordena o curso na Região III, explicou que diante das transformações do mundo, é urgente uma formação em todas as dimensões da vida, seja humana ou eclesial, e o CTLC oferece tais ferramentas aos seus alunos. “Evangelizar com qualidade, à luz da Palavra e do Magistério da Igreja”, acrescentou resumindo o objetivo da iniciativa.

“É uma oportunidade única de aprofundamento espiritual, permitindo que nos tornemos agentes de transformação em nossas paróquias e sociedade”, disse o secretário do CTLC na Região II, Adriano Henrique Penna, ao destacar que os alunos além de receberem um conteúdo fundamental para a compreensão e vivência da fé, têm a oportunidade de “desempenhar um papel mais ativo em suas comunidades, contribuindo para a construção de uma fé sólida e enraizada”.

Para o Pe. Willians Roque de Brito, coordenador do CTLC na Região Pastoral I, fazer o curso significa acolher o chamado de Jesus e contribuir para a transformação do mundo, avançando para águas mais profundas e dando “razão à própria esperança em Cristo”. O sacerdote explicou que “um bom cristão não quer apenas saber aquilo que já conhece, mas deseja buscar sempre e cada vez mais o Senhor, a fim de discernir os sinais de sua presença e ter uma amizade profunda com Ele”.

Fotos: Letícia Gracino I Colaboradora da Pascom Diocesana (Formatura da XX Turma do CTLC da Região Pastoral I, em 19/12/2023, na Catedral Basílica de São Bento).


Inscrições para o Curso de Teologia para Leigos(as) e Consagrados(as)

O curso é destinado aos leigos, leigas, consagrados e consagradas que queiram e estejam dispostos a conhecer melhor sua fé e aprofundar seus conhecimentos teológicos. O mesmo está voltado para atuação pastoral e tem como objetivo:

- Auxiliar na capacitação de lideranças;

- Aprofundamento da fé no estudo da teologia;

- Estar a serviço da Igreja, com competência e seriedade;

- Buscar uma prática pastoral mais eficiente.

Inscreva-se:


Fiéis de Avencas dão boas-vindas ao novo administrador da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora

A noite do último sábado, dia 13, em Avencas, Distrito de Marília, foi marcada pela chegada do novo administrador da Paróquia Nossa Senhora Auxiliadora, o Pe. Muriel Filippe da Silva. O sacerdote, ordenado padre no dia 9 de setembro de 2023, presidiu a Missa com a presença dos fiéis e também de agentes de pastoral da cidade de Lucélia, onde residiu nos últimos meses, exerceu o diaconato e os primeiros meses do ministério sacerdotal.

“A paróquia é o lugar onde o Evangelho é aproximado do povo por meio do anúncio da fé e da celebração dos sacramentos”, afirmou o padre ao expressar sua “esperança e confiança em Deus” diante da missão assumida por ele.

Ontem, pela manhã e à noite, o Pe. Muriel também foi apresentado na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, de Marília, comunidade paroquial onde atuará como vigário. Em entrevista, sobre a expectativa de sua atividade pastoral nas duas paróquias, o jovem sacerdote aspirou: “que eu seja um farol a irradiar a luz da fé e, assim, ir ao encontro dos desejos mais profundos e verdadeiros do povo de Deus, dando esperança e significado à vida das famílias”, e concluiu enfatizando que cumprir essa inspiração será sua alegria!

Fotos: Leandro de Oliveira I Pascom Nossa Senhora do Perpétuo Socorro


Clero de Marília emite Carta de Apoio ao Pe. Júlio Lancellotti, que atua em prol dos moradores de rua na capital

Na manhã de hoje, dia 14, o clero da Diocese de Marília publicou uma “Carta Aberta de Apoio ao Pe. Júlio Renato Lancellotti”, Vigário Episcopal da Arquidiocese de São Paulo (SP) para o Povo da Rua, recentemente, alvo de possível Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal para investigar a atuação de Organizações Não Governamentais (ONGs) da capital paulista.

O texto, elaborado em respeito à atividade pastoral de motivação e articulação eclesial e social realizado pelo sacerdote, é assinado por Dom Luiz Antonio Cipolini, bispo diocesano de Marília; pelo representante dos padres no Conselho Presbiteral, Pe. José Afonso Maniscalco; e pelo Diác. José Eduardo Caparroz, presidente da Comissão Diocesana de Diáconos (CDD).

A Carta de Apoio dos ministros ordenados de Marília, cujo território pastoral está localizado no centro-oeste do Estado de São Paulo, recorda que o apostolado exercício pelo Pe. Júlio a favor dos irmãos e irmãs que vivem nas ruas da capital, vai ao encontro do exemplo de Jesus Cristo e do momento eclesial vivido.

Fotos: Érica Montilha I Pascom Diocesana (Acervo da Solenidade de Corpus Christi 2023, em 8 de junho, no largo da Catedral de São Bento, em Marília que, com o tema “Dai-lhes vós mesmos de comer!”, arrecadou alimentos para as famílias carentes da cidade).

Confira o texto na íntegra: